Vendas no varejo caem 1,3% em dezembro e fecham o ano em 1,7%

Foto: Freepick

 As vendas do comércio varejista no país recuaram 1,3% na passagem de novembro para dezembro, marcando o segundo resultado negativo em 2023. Apesar disso, o varejo encerrou o ano no campo positivo, acumulando 1,7%, superando o resultado de 2022, que foi de 1,0%, segundo dados da Pesquisa Mensal do Comércio (PMC), divulgados pelo IBGE.

Sete das onze atividades pesquisadas no âmbito do varejo ampliado fecharam o ano com resultados positivos, incluindo Veículos e motos, partes e peças (8,1%), Artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos e de perfumaria (4,7%), Combustíveis e lubrificantes (3,9%), e Hiper, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo (3,7%).


O gerente da pesquisa, Cristiano Santos, destacou a retomada do setor de Veículos e motos, partes e peças, representando uma recuperação após vários fechamentos nos anos anteriores.


Por outro lado, quatro atividades apresentaram queda em 2023, incluindo Outros artigos de uso pessoal e doméstico (-10,9%), Tecidos, vestuário e calçados (-4,6%), Livros, jornais, revistas e papelaria (-4,5%) e Material de construção (-1,9%).


Na análise mensal, apenas dois dos oito grupamentos pesquisados não registraram taxa negativa em dezembro: Combustíveis e lubrificantes (1,5%) e Hiper, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo (0,8%). O resultado negativo de 1,3% em dezembro foi influenciado, em parte, pela concentração de receitas de outubro e novembro devido à black friday, segundo Santos.

Comentário

Este site é um espaço para discussão e debate de ideias. Todos os comentários são bem-vindos, desde que sejam feitos de forma respeitosa e construtiva.

Postagem Anterior Próxima Postagem