Presidente do Partido Liberal (PL), Valdemar Costa Neto, é Preso por Porte Ilegal de Arma


Foto: Marcello Casal JrAgência Brasil

Nesta quinta-feira (8), o presidente do Partido Liberal (PL), Valdemar Costa Neto, foi preso pela Polícia Federal em Brasília por porte ilegal de arma. A prisão ocorreu no âmbito da Operação Tempus Veritatis, que investiga uma suposta organização criminosa envolvida em uma tentativa de golpe de Estado para manter Jair Bolsonaro na Presidência após a derrota nas eleições de 2022.

A sede do PL, localizada no Brasil 21, foi alvo de busca e apreensão durante a operação. Ao todo, foram cumpridos 33 mandados de busca e apreensão, quatro de prisão preventiva e 48 medidas cautelares em diversos estados do país.

Valdemar Costa Neto reside no mesmo prédio onde está localizada a sede do partido. As buscas foram autorizadas pelo Supremo Tribunal Federal (STF) em estados como Amazonas, Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Ceará, Espírito Santo, Paraná, Goiás e no Distrito Federal.

O vice-presidente do Partido Liberal Nacional, deputado federal Capitão Augusto, manifestou apoio irrestrito a Valdemar Costa Neto em meio a esse "período desafiador". Ele destacou o papel significativo e a liderança excepcional de Valdemar na presidência do partido, ressaltando sua habilidade em enfrentar desafios políticos com sabedoria e integridade.

Comentário

Este site é um espaço para discussão e debate de ideias. Todos os comentários são bem-vindos, desde que sejam feitos de forma respeitosa e construtiva.

Postagem Anterior Próxima Postagem