Preços da indústria variam -0,43% em novembro

 Após três meses de alta, a indústria apresenta recuo de -0,43% nos preços

Foto: Agência Petrobras

O Índice de Preços ao Produtor (IPP) revelou uma variação negativa de -0,43% em novembro em comparação com outubro, encerrando três meses consecutivos de resultados positivos. O acumulado nos últimos 12 meses atingiu -6,09%, sendo que o índice acumulado de dezembro do último ano a novembro ficou em -4,89%, a menor taxa acumulada no ano para um mês de novembro desde 2014, quando se iniciou a série histórica.

Em novembro de 2023, 13 das 24 atividades industriais pesquisadas apresentaram variações negativas de preços em relação ao mês anterior. Setores como indústrias extrativas (-7,09%), outros equipamentos de transporte (-2,11%), madeira (-1,77%) e fumo (-1,73%) foram os mais impactados.

Felipe Câmara, analista do IPP, destaca que o segundo semestre apresenta um comportamento distinto em relação aos primeiros meses do ano, quando o viés deflacionário era mais claro. O setor de alimentos, por exemplo, teve uma variação mensal positiva pelo terceiro mês consecutivo, com alta de 0,56% em novembro.

Indústrias extrativas foi o setor industrial de maior destaque na composição do resultado agregado, sendo responsável por -0,37 ponto percentual na variação de -0,43% da indústria geral. A apreciação cambial e a queda do preço do barril de petróleo foram fatores relevantes para esse resultado.

O setor de refino de petróleo e biocombustíveis registrou aumento nos preços pelo quarto mês seguido, com uma média de 0,83% em novembro. Já a indústria química, influenciada pelos produtos consumidos na lavoura, como fertilizantes e herbicidas, apresentou uma queda de 1,36%.

A metalurgia teve sua sétima queda consecutiva em novembro, com uma variação de -1,43% em relação ao mês anterior. Em 2023, os preços dessa atividade acumulam uma queda de 10,18%, sendo a quarta variação mais intensa.

O IPP é um indicador essencial para o acompanhamento macroeconômico, analisando a mudança média dos preços de venda recebidos pelos produtores domésticos de bens e serviços.

Comentário

Este site é um espaço para discussão e debate de ideias. Todos os comentários são bem-vindos, desde que sejam feitos de forma respeitosa e construtiva.

Postagem Anterior Próxima Postagem