Flávio Dino detalha transição no Ministério da Justiça e Segurança Pública

 

Foto: José Cruz/Agência Brasil

Os ministros Flávio Dino e Ricardo Lewandowski iniciaram o processo de transição do comando do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) em uma reunião realizada nesta terça-feira (23/01) no Palácio da Justiça, em Brasília (DF).

Durante a coletiva de imprensa, Flávio Dino destacou que repassou ao novo ministro informações estratégicas de cada área, abrangendo desde Cidadania e Direitos do Consumidor até temas de segurança, incluindo aspectos como plataformas digitais e a crise de fornecimento de energia elétrica no país.

O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, já havia anunciado no início do mês que o ex-ministro do Supremo Tribunal Federal assumiria a titularidade da Justiça e Segurança Pública. A oficialização ocorreu por meio de edição extra do Diário Oficial da União desta segunda-feira (22/01), e Lewandowski assumirá o cargo em 1º de fevereiro.

Quanto aos projetos a serem conduzidos pelo novo ministro, Flávio Dino mencionou a letalidade policial e o uso de câmeras corporais como temas que merecem continuidade. Ele ressaltou que já houve uma diminuição da letalidade policial em 2023 e destacou o sistema de câmeras como uma ferramenta eficaz para a proteção, documentação de atos policiais corretos e investigação de delitos.

Flávio Dino enfatizou ainda a importância do Sistema Único de Segurança Pública (Susp) como instrumento para fortalecer a prevenção e a resolução pacífica de crimes e conflitos no país.

Comentário

Este site é um espaço para discussão e debate de ideias. Todos os comentários são bem-vindos, desde que sejam feitos de forma respeitosa e construtiva.

Postagem Anterior Próxima Postagem