Contas públicas apresentam déficit de R$ 37,270 bilhões em novembro de 2023

Getty Images


O mês de novembro de 2023 encerrou com um déficit nas contas públicas, apresentando um aumento significativo de 85,8% em comparação com o mesmo período de 2022. O setor público consolidado, que engloba União, estados, municípios e empresas estatais, registrou um déficit primário de R$ 37,270 bilhões, em contraste com o déficit de R$ 20,089 bilhões registrado em novembro de 2022.

Os dados foram divulgados pelo Banco Central (BC) nesta sexta-feira (5), em Brasília. O déficit primário, que representa o resultado negativo das contas do setor público, desconsiderando o pagamento dos juros da dívida pública, reflete a elevação dos gastos do Governo Central em um ritmo superior ao crescimento das receitas.

No acumulado dos últimos 12 meses, encerrados em novembro, as contas públicas apresentam um déficit primário de R$ 131,364 bilhões, equivalente a 1,22% do Produto Interno Bruto (PIB), que representa a soma de todos os bens e serviços produzidos no país.

Em contraste, em 2022, as contas públicas fecharam o ano com um superávit primário de R$ 125,994 bilhões, correspondendo a 1,27% do PIB. As variações nos resultados evidenciam a dinâmica financeira e fiscal do país, impactada por diferentes fatores econômicos e orçamentários.

Esses números sinalizam a importância de monitorar as tendências nas contas públicas, especialmente em um contexto de ajustes e desafios econômicos, buscando um equilíbrio sustentável entre receitas e despesas para fortalecer a saúde financeira do setor público.

Comentário

Este site é um espaço para discussão e debate de ideias. Todos os comentários são bem-vindos, desde que sejam feitos de forma respeitosa e construtiva.

Postagem Anterior Próxima Postagem