Brasil exporta energia elétrica para a Argentina

Foto: Divulgação/MME

O Brasil voltou a exportar energia elétrica para a Argentina, na última segunda-feira (29/01). O despacho é proveniente de usinas termelétricas localizadas nas regiões Sul e Nordeste, na modalidade comercial. Os montantes exportados chegaram a 325 megawatts médios.


Nesta terça-feira (30/01), ocorreu uma nova exportação de energia elétrica, de 692 megawatts médios, a partir de termelétricas localizadas nas mesmas regiões.

Este tipo de exportação de energia elétrica segue as diretrizes estabelecidas na Portaria nº 418/GM/MME, de 2019, e não afeta a segurança eletroenergética do Sistema Interligado Nacional (SIN).

Trata-se de uma política pública que produz benefícios para ambas as partes, como a otimização do uso dos recursos energéticos e das infraestruturas existentes, a redução dos custos de energia elétrica e o fortalecimento das relações entre os países vizinhos.

Por: Ministério de Minas e Energia (MME) 

Comentário

Este site é um espaço para discussão e debate de ideias. Todos os comentários são bem-vindos, desde que sejam feitos de forma respeitosa e construtiva.

Postagem Anterior Próxima Postagem